segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Análise do CD "Obra Prima" de Damares


Damares se tornou uma das maiores referências da música gospel brasileira nos últimos anos, prova disso é que mesmo em meio a tão falada crise, a cantora se mantém muito bem nas vendas, já que OBRA PRIMA, antes mesmo de chegar na mão do público já era disco de ouro, com mais de 40 mil cópias vendidas.

A cantora nascida no interior do Paraná, vem de uma família com origem humilde e é prova de que Deus usa os pequenos para confundir os grandes, afinal, quem diria que aquela menina lá da roça iria se tornar o grande sucesso que é hoje?! O destaque começou ainda com o lançamento do disco O DEUS QUE FAZ, em 2004, quando a música titulo se tornou hit por várias regiões do país, em 2006, o sucesso cresceu ainda mais, com o álbum Diário de um vencedor, porém o reconhecimento nacional, chegou de fato no ano de 2008, quando a música gospel já se encontrava em uma fase de poucas novidades, Damares chegou com "o CD". Apocalipse rendeu a cantora frutos excelentíssimos, reconhecimento nacional e internacional, mais de um milhão de cópias vendidas e de quebra o titulo de embaixadora da paz, visto o grande sucesso de mais da metade do repertório a gravadora da cantora, na época Louvor Eterno que pertence a Mara Lima, gravou em 2009 o DVD A minha vitória hoje tem sabor de mel, que também foi um grande sucesso.

Diante da notoriedade que a cantora conquistou, logo alçou voos maiores, e foi a hora de dar tchau pra sua "madrinha" Mara Lima, apostando em um novo tempo ministerial. Em 2010 estreando em grande estilo na gravadora Sony Music, lançou na reta final do ano o CD "DIAMANTE". Na época o álbum foi extremamente elogiado e apontado como o melhor lançamento do ano, deixando os CDs das grandes referências da música gospel passarem até desapercebido, Cassiane, Lauriete, Elaine de Jesus e Shirley Carvalhaes foram praticamente esquecidas quando o "DIAMANTE" chegou. O projeto trouxe grandes sucessos novamente, músicas como Diamante, De repente, Um novo vencedor, Glória, Sacrifico e adoração, Na mesa do Rei e Consolador foram interpretadas intensamente pelas igrejas do Brasil e até fora dele, o que rendeu mais um DVD pra cantora, dessa vez, Uma Vida, Uma História em 2012.

Em 2013 a cantora retorna ao mercado fonográfico com toda força, apresentando seu novo projeto, O MAIOR TROFÉU, que saiu de fábrica com mais de 100 mil cópias vendidas. Diferente dos dois CD´s passados, esse apresentou uma temática diferenciada, onde músicas de exaltação humana cederam lugar para canções de adoração. Embora tenha sido muito criticado no lançamento, ao ponto da cantora publicar um desabafo nas redes sociais, o disco deu ótimos frutos, canções como A vida venceu, O maior Troféu, Pode ser Hoje, Você mais Deus e Tô na estrada se destacaram por todo o país. Novamente a cantora gravou um DVD reunindo grandes sucessos da obra.

E finalmente chegamos a 2016 que já em sua reta final tem OBRA PRIMA como o lançamento mais aguardado do ano. Damares trabalhou junto com sua equipe e a gravadora Sony Music desde o ano passado para criar esse projeto, colocando fim ao jejum de 3 anos sem disco inédito. Assinado pelos maestros Melk Carvalhêdo e Rogério Vieira, o público vai aos poucos conhecendo cada detalhe desse novo produto que tem divido opiniões.


O CD está relativamente diferente dos outros, pra quem sentiu que Damares havia deixado um pouco de lado o estilo mais pentecostal em O maior troféu, aqui é a prova de que a cantora realmente seguiu um novo rumo, mostrando que sabe sim cantar música pop.

Vamos as canções...

1.GERAÇÃO QUE CLAMA - A primeira impressão que tive, foi que aqui teríamos uma música como Sacrifico e Adoração, simplesmente pelo fato de que a cantora começa fazendo uma declamação antes de cantar. A faixa é bíblica e tem como um dos focos principais a história da filha de Jairo. Com um ritmo contagiante, a canção inaugura muito bem o projeto, deixando um gosto de quero mais, A composição é de Anderson Freire.

2.PERFEITO LOUVOR - Também assinada por Anderson Freire, a faixa já é conhecida, foi gravada em 2009 por Cristina Mel. Embora muitas pessoas tenham elogiado e até dito que esta seja a melhor canção do CD, eu discordo, é uma música bonita, mas não tem esse brilho todo.

3.RESSUSCITA - Divulgado como primeiro single de trabalho, as opiniões se dividiram logo de inicio, a canção não apresenta fortes arranjos, letra surpreendente e Damares não dá aquele show de interpretação, mas sabe de uma coisa?! Quem disse que a canção precisa ser toda enfeitada para falar aos corações e ser linda?! A simplicidade dessa música foi o que me conquistou, tem letra de fácil entendimento, melodia agradável e Damares foi sútil e desenvolta, ficou lindo. O único ponto que talvez não tenha favorecido tanto a canção, foi o excesso de repetição do coro. A composição é de Moises Cleyton.

4.OBRA PRIMA - Escrita por Tony Ricardo, o mesmo compositor de O maior troféu, chegamos a faixa titulo, que infelizmente não é essa "coca-cola" toda. A letra é perfeita, uma genuína adoração a Deus, mas a música não empolga, tanto que o refrão fica até confuso, a maioria das pessoas só percebeu essa parte na segunda vez que foi cantada, o excesso de repetição da mesma frase se tornou outro ponto negativo, cansou demais, talvez se existisse uma força maior nos arranjos não haveria esse problema. No mais, essa se tornou aquela música legal.

5.SOU O QUE SOU - Para muitos a melhor, o grande destaque do CD acabou ficando por aqui. Escrita por Cláudio Louvor, a música foi excelente. Cantada em primeira pessoa, como se fosse Deus, a letra foi estruturada e composta como uma extrema adoração de supremacia ao grande Eu sou. Damares arrebentou na interpretação, os backs, impecáveis, os arranjos, maravilhosos.

6.NAS MÃOS DE DEUS - Jhonny Santos assina esta aqui. Era uma canção que poderia ser um grande destaque por conta de letra e melodia, mas ficou sendo só a música legal por não receber muita atenção.

7.VOU LOUVAR - Essa música retrata o quanto Damares foi ousada, arriscando cantar um estilo diferente do que costumava. A letra é forte e profética, os arranjos animados, e as guitarras ganham grande destaque. Composição de Jodson Sousa, Kássia Sousa e Daiane Silva.

8.NA ORLA DO TEU MANTO - Intimista e tocante. Refrão de fácil memorização e doçura na voz, Damares nos traz uma grata surpresa. Composição de Moises Cleyton.

9.BRILHA - Notamos que o Cd começa a perder força, embora a canção seja de exaltação a Deus, tem um tema já manjado que a cantora Suellen Lima tem explorado bastante nos últimos meses. Essa não é uma faixa tão convidativa assim, é boa de se ouvir, mas também não chega a ser a faixa legal, rs. Composição de Claúdio Louvor.

10.OUVE SENHOR - Introspectiva e sensível, assim se define essa faixa, Não acredito que ela se torne um grande destaque, mas conseguiu se sobressair. A composição de Moisés Cleyton tem uma letra tocante a Damares foi capaz de sustentar a faixa sem torná-la enjoativa.


11.SOBREVIVI - Aqui podemos voltar a sentir a Damares dos projetos passados, essa canção foi uma boa estratégia, deu conta de trazer o pentecostal, sem deixar o pop e reanimar a reta final da obra. Composição de Jhonny Santos.

12.A GLÓRIA É TUA - Outro grande destaque, composição de Leandro Borges, essa com certeza entra para a lista das melhores. A letra é uma perfeita adoração a Deus, Damares deu um show de interpretação e os arranjos ficaram sensacionais. Talvez o único defeito foi não ter permitido que a canção se empolgasse muito, acredito que se houvesse mais força na produção teria sido ainda melhor.

13.POEMA DE AMOR - Escrita por Junior Maciel, é uma música boa, mas não tem nada tão atraente para fazer dela um grande hit, letra profunda, mas os arranjos em si, não salvam a canção, e Damares embora tenha cantado bem, não trouxe nada de diferente.

14.ADOREMOS - Encerrando Obra Prima, temos uma das melhores músicas do projeto. Foi sensacional, o CD começou em grande estilo e terminou em Grandiosíssimo estilo. Moisés Cleyton deu um show nessa composição e mostrou o porque de sempre estar em repertório de grandes cantoras. Sem palavras, todos os pontos foram ótimos. 

NOTA: 8,0
DESTAQUES: Geração que Clama, Ressuscita, Sou o que Sou, Sobrevivi, A glória é tua e Adoremos.